Com muito pouco você pode
fazer muito por uma criança.

Apenas R$2,00 direto na sua conta de energia e você ajuda milhares crianças
e adolescentes em situação de risco.

Quem somos

A Organização de Auxílio Fraterno (OAF) foi fundada em 07 de agosto de 1960, por um monge beneditino olivetano, Dom Ignácio de Lezama, uruguaio, da Abadia de São Bento de Ribeirão Preto, após a visita que o religioso fez ao Recife. Com o objetivo de atender e auxiliar pessoas de comunidades carentes, o monge procurou apoio na sociedade pernambucana e na arquidiocese de Olinda e Recife, para adquirir recursos e criar uma entidade sem fins lucrativos, sendo então denominada OAF do Recife.

Inicialmente, a instituição começou suas funções com um trabalho semelhante à de outra ONG já existente na cidade de São Paulo.
Em 10 de outubro de 1964, a OAF obteve seu próprio estatuto publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco, adquirindo personalidade jurídica própria.

Em 22 de Novembro de 1965, a OAF do Recife foi reconhecida como instituição de Utilidade Pública Municipal pela Lei Municipal nº. 9.616 de 18 de Junho de 1966.

Com a inclusão dos jovens carentes, a OAF beneficia cerca de 351 pessoas, entre crianças e adolescentes, contribuindo na formação artística, educacional e cultural dos mesmos, diminuindo os riscos de vulnerabilidade social à marginalidade, às drogas e aos riscos, em geral.

Com forte dedicação aos projetos culturais, os grupos da OAF hoje são convidados frequentemente para se apresentar em escolas e outras instituições como no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip).
Essas atividades ajudam a consolidar a imagem da Organização de Auxilio Fraterno, que hoje é referência na comunidade dos Coelhos, no Recife.

Nossa Missão

Incentivar e contribuir para a transformação sócio educacional de crianças, adolescentes e famílias, em busca da garantia dos direitos básicos desses protagonistas, além da capacitação e inclusão de jovens no Programa de Aprendizagem.

Visão

Ser uma instituição de referência, reconhecida pela excelência em ações de desenvolvimento sócio educativas e valorização humana, oferecendo atendimento e serviços de qualidade, beneficiando o público atendido, os parceiros e a sociedade.

Valores

Ética e Transparência;
Responsabilidade Social e Comunitária;
Qualidade no atendimento e serviços;
Fraternidade;
Sustentabilidade.

Ação do Coração

A Ação do Coração é um movimento originado de uma singela homenagem ao ator santista Eduardo Furkini para doação de amor, carinho e respeito ao próximo.

Hoje o movimento é uma verdadeira celebração do amor, da esperança, da fé e da doação que reúne milhares de pessoas em diversos lugares do Brasil e em outros países.

Durante a campanha há uma grande mobilização onde as pessoas reúnem-se para confeccionar corações de tecido de várias cores e tamanhos, recheados com uma boa intenção, além de fazerem doaçoes de materiais que são destinadas a instituições de auxílio e caridade, Organizações Não Governamentais e Secretaria de Ação Social do município participante.

O ponto alto da “Ação do Coração” é a distribuição em praça pública dos corações confeccionados. Esse momento une dezenas de milhares de pessoas em um ato interreligioso pela paz, pela união dos povos e principalmente pela vida.




Entrevista com Alexandre Camilo, no lançamento da Ação do Coração - OAF 2016.




Reportagem realizada pela Rede Globo na OAF sobre a Ação do Coração 2016.




Programa de Aprendizagem



Semana Nacional de Aprendizagem



O Programa de Aprendizagem tem como objetivo promover inclusão de adolescentes e jovens no mercado de trabalho, através da capacitação profissional por meio de uma formação teórica básica e específica e de vivências práticas que possibilitem uma melhor formação como cidadão e profissional.

- Estimular a permanência dos aprendizes na escola, visando a construção da cidadania;

- Desenvolver talentos e competências individuais, proporcionando a autonomia dos adolescentes;

- Fortalecer a relação teoria-prática de formarinterdisciplina, para o aperfeiçoamento do saber fazer;

- Estimular análise crítica, iniciativa, sociabilidade, liderança, criatividade e inovação para lidar com problemas e conflitos;

- Desenvolver e aprimorar técnicas de atendimento ao público, tramitação, arquivamento, protocolos de documentos e de comunicação interna;

- Proporcionar ao aprendiz o contato com o exercício profissional dentro de padrões de competência técnica e ética;

- Contribuir para qualificação social e profissional do jovem, favorecendo sua inserção no mercado de trabalho.


Programa Jovem Aprendiz

O Programa de Aprendizagem da OAF do Recife foi desenvolvido com base na Lei nº:10.097/2000, com fundamento nos artigos 428 e seguintes da CLT, Decreto nº 5.598/2005, de acordo com a portaria do Ministério do Trabalho e emprego 723/2012 com cursos de serviços administrativos e bancários validados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, no Cadastro Nacional de Aprendizagem e registrado no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - COMDICA.

Cursos Validados:

- Auxiliar Administrativo
Setor Bancário - 23855

- Auxiliar de Escritório
Administrativo - 24748



*Maiores informações sobre o programa Jovem Aprendiz, entre em contato.

Psicossocial

Psicossocial

Psicossocial

Psicossocial


A teoria do desenvolvimento psicossocial de Erik Erikson prediz que o crescimento psicológico ocorre através de estágios e fases, não ocorre ao acaso e depende da interação da pessoa com o meio que a rodeia. Cada estágio é atravessado por uma crise psicossocial entre uma vertente positiva e uma vertente negativa. As duas vertentes são necessárias, mas é essencial que se sobreponha a positiva.

A forma como cada crise é ultrapassada ao longo de todos os estágios influenciará a capacidade para se resolverem conflitos inerentes à vida.



...

Artrelando

Artrelando



...

Nossa Equipe

Psicossocial

Sidinalva Nascimento Elisângela da Silva Lopes Rosalia Hipolito da Silva Rosimery Rodrigues Taciana Maria Davi Alves    

Aprendizagem

Andrea Barreto Rafaela Barbosa Davi Alves Alexandre Porfírio  

Administrativo

Romenia Gonçalves da Silva Leila Campos Maria Aparecida da Conceição Fabiana Costa gomes Isaura de Araújo Carlos Henrique da Silva  

Gestores

Marúcia Coelho
Presidente
Bartolomeu Franco
Vice-presidente
Mônica Oliveira
Coordenadora / Administrativo
Andrea Barreto
Coordenadora / Aprendizagem
Sidinalva Nascimento
Coordenadora / Psicossocial
 

 

Nossos Parceiros